Terminal portuário da trafaria

 

Situado na margem Sul do estuário do rio Tejo, no porto de Lisboa, está vocacionado para receber granéis agroalimentares em operações de transhipment, desde navios Panamax para navios Handysize destinados a outros portos do Mediterrâneo, do Norte da Europa ou às Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores. 

Também em operações de descarga de navios oceânicos cujos produtos são armazenados e expedidos, quer por rodovia com destino ao mercado nacional ou ao hinterland Espanhol, quer por via fluvial para outros cais do porto de Lisboa.

 

Tem uma capacidade de armazenagem de 200.000 tm, com um controlo fitossanitário dos produtos em stock. Está preparado para expedir por rodovia até cerca de 10.000 tm de diversos produtos, por dia.

O cais nº 1 pode receber navios com até 280 m LOA, sem limitações de calado, salvo a resulta da restrição de acesso da barra do porto de Lisboa (cerca de 14 m). O cais nº 2 pode receber navios com até 215 m LOA e 12 m de calado. Dispõe ainda de um cais para carga de navios e outro para a carga de batelões. 

Todos os produtos descarregados são encaminhados para balanças eletrónicas, quer sigam para armazenagem quer sejam expedidos por via marítima para outros portos, ou por batelões destinados a outros cais do porto de Lisboa, nomeadamente para o Terminal Portuário do Beato ou para as unidades industriais situadas no Estuário do Tejo.

Está dotado de um sistema informático de controlo de movimentação de produtos e de stocks o qual também faculta informação diária a todos os clientes e permite gerir não só os seus stocks como as suas Ordens de Entrega e os saldos dos seus respetivos clientes.

Os produtos armazenados no Terminal podem beneficiar do Estatuto de Armazém de Depósito Temporário e do Estatuto de Entreposto Aduaneiro Tipo A.

Dispõe de um Sistema de Gestão de Segurança Alimentar, de acordo com os requisitos da norma ISO 22000:2005.